As causas da Ptose Adquirida

A maioria dos casos de ptose palpebral relacionada com a idade - chamada ptose involucional - aparecem gradativamente após os 60 anos como parte do processo normal de envelhecimento. 

A Ptose pode ser causada por uma lesão ou trauma do músculo que levanta a pálpebra, danos do gânglio cervical superior simpático ou danos no nervo que controla este músculo. Tal dano pode ser um sinal ou sintoma de uma doença subjacente, como diabetes mellitus, um tumor no cérebro, um tumor de Pancoast (ápice do pulmão) e doenças que podem causar fraqueza nos músculos ou dano no nervo, como miastenia gravis . 

A exposição a toxinas e alguns venenos de cobra podem também causar este efeito. A utilização de doses elevadas de opióides ou drogas como a morfina , oxicodona ou hidrocodona pode causar ptose, e é um efeito colateral comumente visto no abuso de drogas. 

Ptose adquirida é mais comumente causada por ptose aponeurótica (queda do músculo que eleva a pálpebra). Isto pode ocorrer como resultado de deiscência, senescência ou desinserção da aponeurose do músculo elevador. A inflamação crônica ou cirurgia intra-ocular pode levar ao mesmo efeito. 

O uso de lentes de contacto por longos períodos de tempo pode ser causa do desenvolvimento desta condição.

níveis de ptose

Níveis da Ptose 

Um exame oftalmológico completo é necessário para determinar a causa da ptose, porque algumas pessoas parecem ter a condição, mas não têm realmente um problema com o músculo elevador da pálpebra. Eles têm pseudoptosis, ou falsa ptose, causada por uma quantidade desproporcional de pele da pálpebra ou características faciais.